BLOG

 
Pencils on vintage color tone

Sobre escrever a lápis

Uma das lembranças que me leva para quando eu estava ali pela 3ª série do fundamental era de quando eu queria porque queria escrever à caneta no caderno.

Ocorre que não dava, a professora dizia que “escrever a lápis dá força na mão”. E não usei caneta. Só pra fazer uma ou outra anotação em casa.

Mesmo assim, eu preferia sentir o deslizar bem leve da caneta.

Chegou a 5ª série e meu sonho se tornou realidade. Tudo à caneta. Tudo que só poderia ser apagado escandalosamente por uma borracha vermelha que rasgava o papel dependendo da força com que era usada ou então pelo traço branco do Liquid Paper (não, a gente não chamava de corretivo… só tinha essa marca ao nosso alcance, então ele passou a ter esse nome).

E usar o corretivo era chato. Primeiro tinha que esperar secar. Depois escrever em cima de uma textura que não era agradável.

Enfim.

Muitos anos escrevi à caneta e cheguei a esquecer o lápis.

Até que eu precisei dele.

Há uns 2 anos organizo minha rotina diária em blocos de meias-horas. Tem a ver com a Técnica Pomodoro, que consiste em você dedicar seus horários a alguma atividade por frações curtas de 25 minutos focados + 5 minutos de descanso (ou relax, agilizar pequenas atividades, etc).

Pra saber mais do Pomodoro, vale ler este texto lindo que a sagaz @rockndazs escreveu no blog dela sobre procrastinação. Foi ela quem me apresentou esta técnica lá em 2010 (mas que só passei a usar mesmo desde 2014).

E aí precisei do lápis.

Nem sabia mais como era boa sua escrita – também.

Não sabia mais como era deixar meus dias mais flexíveis. Confesso que apagar o que tinha escrito na agenda à caneta me aborrecia (detalhes que só uma pessoa com lua em virgem consegue entender).

E essa mudança tão singela, que poderia representar apenas o acréscimo de 3 itens no meu estojinho da bolsa (sim, 3: papel, borracha e apontador) significa um monte de coisas:

– que a vida da gente pode nos surpreender

– que vai ser mais fácil se eu estiver aberta às mudanças que os dias e os encontros proporcionam

– que do mesmo jeito eu sigo com meus planos e objetivos

– que seu eu não quiser ou puder fazer algo, basta apagar e definir se vou tentar again ou não.

 

Mais simples.

 

Mais lápis na nossa agenda, por favor <3

 

Beijos e tudo de bom,

Cárlei Nunes

 

TAGS > , , , , ,

Publicar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.