BLOG

 
duplar

Sobre duplar

Há algum tempo tenho mantido o hábito de ‘duplar’ com pessoas muito especiais.

Desde o ano passado, mais exatamente.

É basicamente o encontro entre pessoas que também têm a alma empreendedora + curiosa + cheia de dúvidas dispostas a um bate papo solto e de troca. É simples: determina-se em comum acordo quanto tempo vai durar o encontro. Deste tempo, um tanto é para um, outro tanto para o outro e um tempinho pra jogar conversa fora mesmo.

E no meu tempo, vale tudo o que preciso: seja contar um projeto novo, falar de ideias, de coisas que aconteceram, desabafo, pedir pra pessoa validar um projeto que já saiu do papel, preencher um questionário e dar feedback, ideia de brinde de final de ano, enfim… Para a outra pessoa, vale a mesma coisa: usar seu tempo da forma que for melhor pra ela.

Ela?

A duplagem é exclusiva para mulheres? Of course not! Mas normalmente somos nós que temos mais interesse em dividir e estamos a fim de feedback. E a minha experiência é com amigas mesmo. Afinal, tem que ser uma pessoa em quem confie e que admire, né.

Resultado disso? Varia, mas sempre tive resultados muito positivos e as meninas também (ao que parece). Cada uma tem seu empreendimento, sua paixão, mas juntas cocriamos e nos fortalecemos. É demais!

Vantagens: Quando a gente fala de algo importante pra nós, as ideias ficam mais claras. Exteriorizar o que está no campo da imaginação ou nos rabiscos do papel são excelentes formas de fortalecermos tudo isso – quantas e quantas vezes tive insights enquanto estava contando para alguém sobre um projeto. Você também já deve ter passado por isso.

E a pessoa, que não tem qualquer envolvimento emocional com o assunto, que não está cega com ele – sim, eu acho que de tanto pensar em algo, fico cega em alguns momentos e não vejo o óbvio – consegue me fazer ver aspectos, pró ou contra, que são latentes!! Cresci muito, ajudei a crescer e seguimos, juntas, dando risadas, tomando café e sendo testemunhas umas das outras das suas histórias empreendedoras.

Um ponto de vista diferente do meu é necessário – cada uma tem uma bagagem, uma história, uma nova fagulha a ser acrescentada do que pensei sozinha.

Lugar ideal pra se fazer uma bela duplagem? Poderia dizer que um café com um balcão cheio de doces franceses pode ser uma bela pedida, mas nada que impeça que nos encontremos numa sala de reuniões de um cowork, no escritório de alguém, dentro de casa, via Skype… Hoje em dia lugar pra fazer acontecer não é um limitador. É só se adequar à tua realidade.

Vale a pena!

Mesmo que você não tenha um assunto específico a ser tratado, deixe seu amigo contar o que tem pensado que, no mínimo, você vai se sentir bem em ajudar e, provavelmente, vai pintar uma demanda que ainda não desabrochou da sua mente.

Super indico!

E aproveito para agradecer as lindas parceiras de duplagem e triplagem (sim, já criamos uma variação da original e o resultado foi lindoooo):

Ana Paula Araújo – Rockndazs

Elisabete Francio – Ideia e Tal

Marlise Teixeira – MM Contabilidade

Milena Luísa – Sementinha de Gente

Paula Cassanho Vaz – PCV Dinheiro

 

Obrigada, gurias!

com amor,

Cárlei Nunes <3

TAGS > , , , , , , , ,

  • Ana Paula

    Maior honra, alegria e orgulho fazer parte da tua história. E tu da minha.
    Obrigada por dividir parte da vida comigo <3

    Responder
    • Carlei

      Ana Paula Araújo Araujinho, amo tua presença na minha vida <3 !!!!!

      Responder

Publicar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.